Publicado em 16/06/2016 às 15h54

Cidades

Roberto Lopes ouve sugestões de empresários Canedenses

Dando continuidade à elaboração do seu plano de governo, o pré-candidato à Prefeitura de Senador Canedo, Roberto Lopes, se reuniu...

Dando continuidade à elaboração do seu plano de governo, o pré-candidato à Prefeitura de Senador Canedo, Roberto Lopes, se reuniu na noite desta quarta-feira, 15, com mais um segmento fundamental para o desenvolvimento de Senador Canedo, o empresariado local. A reunião foi realizada no Diretório Municipal do PPS e teve ainda a participação do presidente municipal do PPS,vereador Vicente Paulo da Luz (Tequinha).

Acompanhado de assessores, Lopes abriu o encontro salientando que o momento é de ouvir demandas e sugestões que possam colaborar para a formatação de um plano de governo que atenda as necessidades reais também dessa categoria. O atual presidente da Câmara de Vereadores salientou que as relações entre o poder público e o comércio devem ser caracterizadas como uma verdadeira parceria, com a finalidade maior de atender a população. Afinal, garantiu o candidato do PPS, esse segmento é vital para a cidade, já que é fonte produtora de emprego e renda.

Os comerciantes presentes aproveitaram o encontro também para desfiar uma série de reclamações contra órgãos municipais, englobando desde a falta de segurança à infraestrutura deficiente. “Fiscalizam a empresa formal enquanto fecham os olhos para os irregulares” – garantiu um dos presentes, que citou ainda as intensas dificuldades para se regularizar uma empresa. Além de questionarem a burocracia excessiva e a falta de preparo de muitos servidores, os lojistas cobram ações mais efetivas dos órgãos estreitamente ligados ao setor comercial.

A abertura desse diálogo foi considerada bastante produtiva por Roberto Lopes, que vê na soma de esforços o caminho mais indicado para dotar Senador Canedo de uma administração moderna e eficiente. “Se queremos uma cidade melhor, a luta é de todos”, finalizou o candidato que vem recebendo importantes adesões ao seu nome.

Colunistas



Últimas Notícias