Publicado em 04/09/2018 às 15h34

Economia

Acampamento sustentável encerra temporada do Araguaia

Aruanã recebe estrutura com energia solar para abastecer acampamento e lounge sustentável

Há anos os acampamentos à beira do Rio Araguaia, na cidade de Aruanã (GO), recebem estrutura pra lá de modernas. Mesmo os que querem fugir da correria das cidades acabam desfrutando de estruturas completas montadas nas areias. O que muitos não se preocupam é com os impactos que isso pode causar ao longo de todo ano, durante a baixa temporada.

Pensando isso, um grupo de amigos de Goiânia se reuniu para fazer a diferença na cidade turística. Com formações diferentes, juntaram as experiências de cada um para montar um acampamento sustentável. A estrutura conta com materiais recicláveis e o diferencial fica por conta da energia: a instalação de placas fotovoltaicas para geração de energia solar interligadas a um banco de baterias garante o fornecimento de eletricidade para o acampamento durante o dia e também a noite, de forma renovável, sustentável e silenciosa.

“O Acampamento dos Amigos surgiu como uma forma de podermos desfrutar das belezas naturais e ter a certeza de que não prejudicaremos o meio ambiente. É importante lembrar que o que fazemos hoje traz consequências para os anos futuros”, explica Pedro Provázio, engenheiro eletricista diretor da Stonos Desenvolvimento Criativo e um dos idealizadores do projeto, que está em sua segunda edição. Neste ano o Acampamento dos Amigos estará instalado em Aruanã dos dias 7 a 9 de setembro.

 

Energia solar
Durante todo o dia, as placas recebem a luz solar e geram o suficiente para atender às demandas de 100 pessoas. O excedente do dia é armazenado em baterias para que as luzes, geladeiras, som e até mesmo totens para carregamento de celular, funcionem também no período noturno.

Ao todo, são necessárias 06 placas, que ficam instaladas num espaço de aproximadamente 12 metros quadrados. Elas não refletem luz ou emitem qualquer ruído, além de não representarem riscos para as pessoas que estejam passando pelo local.

O sistema não depende de ligações externas e, após o uso no acampamento, poderá ser reinstalado em outros lugares, sem prejuízos de geração ou descarte de qualquer componente.