Publicado em 06/05/2016 às 9h33

Entretenimento

Professora de artes vai representar Goiás na Patagônia

Professora e coordenadora do Curso Técnico de Arte Dramática do Itego em Artes Basileu França, Joana Dark é uma das...

Professora do Itego Basileu França, Joana Dark. Foto: Kely Carvalho

Professora e coordenadora do Curso Técnico de Arte Dramática do Itego em Artes Basileu França, Joana Dark é uma das duas brasileiras selecionadas para participar do Festival Internacional Habla la Palabra. O evento, que reúne contadores de histórias e é organizado pela Escuela Patagónica de Narración Oral, está em sua sétima edição e será realizado de 11 a 15 de maio, na cidade de Neuquén, região da Patagônia, na Argentina.

A coordenadora, que trabalha com contação de estória desde 2009, conta que foram abertas inscrições para vários países. “Eu me inscrevi, enviei o meu portfólio, eles gostaram e me convidaram para participar. Apesar da enorme responsabilidade, me sinto feliz em representar Goiânia dentre milhares de pessoas”, ressalta.

Expectativas
Joana Dark, que terá que contar as estórias em espanhol para facilitar o entendimento dos argentinos, pretende levar um pouco da cultura goiana para fora. “O diretor do evento me comunicou que faremos entrevistas em rádios. Então, vou poder levar um pouco da nossa cultura goiana, da beleza do nosso Cerrado e as histórias da riqueza que temos em relação a isso”, diz.

A artista confessa que se sente confiante e tomada por “um turbilhão de sentimentos maravilhosos” e que pretende também trazer as experiências vividas fora do País. “Estou muito confiante e com vontade de fazer acontecer. O ato de contar histórias é algo onde a imaginação toma conta, independentemente de onde seja. Será um momento muito rico de troca de culturas e isso acrescenta muito na vida de um professor. Contribuirei e dividirei a experiência com alunos e outras pessoas”, declara.

Colunistas



Últimas Notícias