Publicado em 22/04/2018 às 10h18

Entretenimento

Especialistas em tecnologia ministram palestras gratuitas para ajudar adultos a perderem o medo do mundo digital

Voltados para o público acima de 40 anos, os eventos serão promovidos em Goiânia nos dias 23 e 24 de abril, na escola de robótica Crtl+Play

Estimular o uso das novas ferramentas tecnológicas para pessoas acima de 40 anos e que tem pouca habilidade com a era digital é a proposta das palestras educativas gratuitas, que serão realizadas nos dias 23 e 24 de abril, em Goiânia. Os interessados podem se inscrever pelo link https://goo.gl/aPzVRA.
Nos dois dias, os eventos vão se iniciar às 19 horas, na sede da Ctrl+Play Goiânia, na avenida dos Flamboyants, nº 409, Parque das Laranjeiras. A educadora Vanessa Barbosa de Oliveira diz que não há idade para aprender sobre tecnologia e reforça que as atualizações de conhecimentos devem ser constantes. “Percebemos que algumas pessoas do público adulto têm, às vezes, certo medo das novas tecnologias, mas há novas metodologias de ensino específicas para cada pessoa”.
Segundo ela, as demandas apresentadas pelos adultos fomentaram a criação de uma metodologia inédita de capacitação em tecnologia. O curso Sênior Play tem como proposta promover a inclusão digital e ensinar programação e criação de aplicativos.
“Para algumas pessoas trocar de celular pode ser algo difícil. Nosso curso vai oferecer informações atualizadas sobre esse universo digital. Todos os dias novos aplicativos, serviços e equipamentos são lançados e nem sempre todos conseguem acompanhar essas alterações.” As aulas são para qualquer idade acima de 40 anos.
*Novo curso*
Vanessa afirma que os conteúdos são personalizados para o público adulto e serão apresentados em aulas semanais, com duração de 1h30.  As aulas serão ministradas na escola de robótica Ctrl+Play a partir do mês de maio e as matrículas estão abertas no site ctrlplay.com.br.
O primeiro módulo é voltado para a inclusão digital e ensinará como utilizar o tablet e aplicativos como facebook, waze, youtube, whatsapp, entre outros. Vanessa diz que os alunos também vão aprender a utilizar recursos digitais para leitura, música e filmes e aplicativos para a saúde, alarmes e jogos. No segundo módulo, serão tratados temas referentes à lógica da programação e criação de aplicativos.
Nesta etapa, haverá aulas de raciocínio lógico, criação de jogos, animações e aplicativos. Ao total são 18 aulas em cada módulo. “O diferencial deste curso está nos conteúdos e na forma de ensinar. Nossas aulas são dinâmicas e divertidas, estamos atentos às necessidades de cada pessoa, de cada público atendido em nossa escola”. De acordo com ela, o sênior Play é um curso para quem tem curiosidade e que gosta de usar a tecnologia no dia a dia. “Inúmeras ferramentas digitais surgem a cada hora e quem as entende, com certeza, está um passo a frente”.