Publicado em 15/06/2016 às 17h57

Esportes

Tite aceita convite da CBF e assume a seleção no lugar de Dunga

Após anunciar a saída de Dunga na tarde de terça-feira (14), a seleção já tem um novo técnico: Tite. O comandante...

Após anunciar a saída de Dunga na tarde de terça-feira (14), a seleção já tem um novo técnico: Tite. O comandante deixará o Corinthians, que ocupa a quarta colocação no Brasileiro, e passará a comandar o Brasil. A informação foi confirmada pelo presidente do clube paulista, Roberto de Andrade, na tarde desta quarta-feira (15).

“Tite não comanda mais o Corinthians. Ele aceitou o convite da seleção brasileira. No jogo de quinta (contra o Fluminense) não dirige mais o time. Fui a primeira pessoa que ele comunicou, faz duas horas. Achava que ele não iria, fui surpreendido. Não pensei em nomes. Vou pensar nisso agora”, afirmou Roberto de Andrade em entrevista coletiva.

Tite queria ter assumido a seleção brasileira em 2014. Nunca escondeu a decepção por ter sido preterido por Dunga – algo que também motivou suas recusas no último ano. O mesmo Marco Polo Del Nero, presidente da CBF, que dois anos atrás ignorou o apelo popular por Tite para escolher Dunga, hoje fez o movimento contrário: dispensou um, recorreu ao outro.

O acerto confirma o que já era indicado pelas movimentações da CBF nos últimos dias. Além de Dunga, foi dissolvida toda a comissão técnica da seleção, que teve também a saída do dirigente Gilmar Rinaldi.

Tite se reuniu por três horas com Marco Polo Del Nero, presidente da CBF, na noite de terça, mas só deu a resposta na quarta, após ouvir a família e conversar com dirigentes corintianos.

 

Colunistas



Últimas Notícias