Publicado em 04/06/2016 às 17h11

Política

Entrevista/ Júnior Caldas: “Não vou ficar dando assunto para um sujeito desses. Toda hora ele inventa uma denúncia”

O Rodeio Show de Senador Canedo ocorre em meio a polêmicas e denúncias. Em uma delas, o blogueiro Fernando Rodrigues...

Secretário de Finanças do município, Júnior Caldas

O Rodeio Show de Senador Canedo ocorre em meio a polêmicas e denúncias. Em uma delas, o blogueiro Fernando Rodrigues denunciou cobrança irregular de taxa dos comerciantes que montaram barraca no evento sem que os recursos ao menos chegassem ao caixa da Prefeitura. A cobrança estaria sendo executada pelo secretário de Finanças do município, Júnior Caldas. Em entrevista ao Jornal Expresso, o secretário rebate as denúncias, mas cobra apuração dos fatos. Júnior também relata que já foi vítima de outras denúncias pelo mesmo autor, sem que houvesse nenhuma comprovação.

Jornal Expresso: Junior, existem acusações do Fernando Rodrigues afirmando que o senhor estaria cobrando taxas nas barracas do Rodeio Show de Senador Canedo em 2016 e não repassando os recursos para o caixa da prefeitura. O que o senhor tem a falar sobre isso?

Junior Caldas: Mais uma vez eu fui surpreendido por uma postagem maldosa. Essa vai ser só mais uma de várias e várias postagens nas redes sociais que ele deve fazer até que a Justiça tome providência. Da nossa parte, eu já entrei em contato com nosso advogado que já está providenciando mais uma ação. Inclusive temos várias denúncias de calunia.

Os fatos não batem, o Rodeio Show já está na oitava edição e eu faço parte da festa, acho que ela valoriza o município, as pessoas precisam desse tipo de lazer saudável. Nunca tivemos esse tipo de problema.

Quando o prefeito Misael entrou, ele mudou o rumo da festa, quis fazer algo mais social. Então, hoje não cobramos bilheteria, mas sim arrecadamos alimentos para doações. Desde o ano passado, os espaços físicos do evento são vendidos e esse ano não foi diferente. Nós montamos uma comissão organizadora, que é onde as obrigações são divididas. Eu sou o presidente da comissão e diretor do rodeio, em todos os anos.

Temos também o diretor de limpeza urbana, temos um responsável por licenças e documentações do evento, equipe de bilheteria, camarote e som. Além de uma pessoa que é responsável por vender e receber pelas barracas, que é o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Luiz Becker Karst.

Jornal Expresso: Então o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Luiz Becker, é que é o responsável pelas barracas do Rodeio Show?

Sim, ele ficou responsável por essa parte de barraca. Como deveria e como eu acho que foi feito? Eu fiquei sabendo dessas acusações por alto, mas quem tem que esclarecer esses fatos é o próprio Luiz Becker, que é o responsável por essa função. Afirmo que não tenho responsabilidade por esse setor. Mas, onde tem fumaça tem fogo, eu acredito que tem alguma irregularidade sim. Se for caso de Polícia tem de ser apurado pela polícia, se for caso de Ministério Público tem de ser apurado pelo Ministério Público e apoiado pelo diretor responsável por essa parte.

Jornal Expresso: Você conhece o cidadão que o Fernando cita como seu possível “testa de ferro”? Com nome de Mosquito?

Conheço sim, ele é um dos membros da comissão.

Jornal Expresso: Qual é o cargo dele no município? Em qual secretaria ele trabalha?

Eu confesso que não sei, se eu te falar eu vou estar chutando. O primeiro nome dele é Everson, mas todo mundo conhece ele como Mosquito mesmo.

Jornal Expresso: Qual a função dele dentro do Rodeio Show dele este ano?

A função determinada a ele é cuidar de toda a infraestrutura do parque. Ele apoia a limpeza, os prestadores de serviço, os funcionários de forma geral.

Jornal Expresso: Na denúncia do Fernando Rodrigues ele fala de um boleto bancário, referente ao recebimento do valor das barracas. O senhor tem conhecimento?

Isso aí também é outro problema que ele tem de provar. Se foi emitida alguma guia ou documento pela Secretaria de Finanças, ele deve levar até o juiz, delegado ou promotor para isso ser melhor apurado. Mas sou capaz de fazer uma aposta registrada em cartório que hora nenhuma foi emitida essa guia. Não vou ficar questionando isso, deixa ele provar. Não vou ficar dando assunto para um sujeito desses. Toda hora ele inventa uma denúncia. Até porque essas emissões quem faz é a Secretaria de Planejamento, ele é tão desqualificado que nem sabe a função das secretarias, mistura tudo.

Jornal Expresso: Não existe esses boletos emitidos pela Secretaria de Finanças?

A chance é zero.

Jornal Expresso: Ele fala ainda que esteve hoje na Delegacia de Polícia com documentações, vídeos e materiais que ele julga ser desse esquema. O senhor recebeu alguma intimação para esclarecer alguma coisa?

Eu acho que ele fez a coisa mais certa. Se tem alguém dando prejuízo para a população e desviando dinheiro público o primeiro passo é ir na Delegacia, aí o delegado pode apurar antes de fazer acusações indevidas ou responder por mais um processo por denúncia caluniosa e outros assuntos. Agora vamos esperar a apuração e ver o que está acontecendo. Até neste exato momento eu não recebi nenhuma ligação do Poder Judiciário.

Jornal Expresso: Temos acompanhado nas redes sociais essas várias denúncias. De onde o senhor conhece o Fernando Rodrigues?

Podemos dividir essa pergunta em duas partes. Temos amigos em comum e em algum encontro acabamos participando de reuniões juntos. Quando o prefeito Misael assumiu, ele começou a acusar o prefeito até o mais simples colaborador da Prefeitura de Senador Canedo. Várias pessoas acionaram ele na Justiça, ele já bateu em todo mundo e até onde eu sei, ele nunca levantou uma prova. Até onde eu sei, pode até ser que eu esteja errado. Então eu acredito que esse rapaz deve ter algum desequilíbrio emocional, distúrbio ou alguma coisa. Normal ele não é.

Eu falei para dividir a pergunta porque eu não tive relações comerciais e nem amizade com ele. Até porque isso não acontece dentro de uma relação de amizade. Eu acho que ele é mais um oportunista da política. Se você fizer uma análise mais fria vai perceber que ele não é o rei da razão. Um dia ele bate, no outro ele assopra. Passa um tempo ele para de bater, volta a bater.

Jornal Expresso: O Fernando estava sumido das redes sociais, já denunciou outros casos, mas ultimamente ele tem focado bastante no senhor. Por qual razão?

Então ele é meio nômade, não possui residência fixa. O poder público tem dificuldades em intimar ele, inclusive ele já foi intimado até por telefone, por essa dificuldade de achar ele. Ele já fez várias acusações a minha pessoa. Você não viu e nem vai ver resposta minha nas redes sociais. Eu acho que isso não é certo, não vai trazer o resultado. A gente precisa resolver na justiça, ele de lá a gente daqui e o Poder Judiciário é quem precisa decidir. Eu tenho esperado, mas infelizmente isso não é rápido ou fácil de chegar ao fim.

Jornal Expresso: O senhor foi procurado por alguma pessoa para falar sobre essas denúncias das barracas?

Além de eu não ter recebido informações desse tipo, em 2016 eu não tive contato nenhum, ou seja, contato zero, nem do menor ao maior barraqueiro da cidade. Não tive contato social e nem comercial.

O Rodeio acontece em quatro dias, temos muitas responsabilidades em um espaço muito curto de tempo. Eu tenho focado no que é minha área tentando fazer o melhor possível.

A única ligação que eu recebi sobre barraca tem três dias, quando me pediram ajuda porque estavam com dificuldades de falar com o Mosquito e só.

Jornal Expresso: Para finalizar, o prefeito deve ter falado com senhor sobre essas denúncias e qual é a posição dele?

Todas, ou melhor, a maior parte das informações que tive sobre esse caso, foi do prefeito. 99% das informações que eu recebi foi dele. O prefeito está muito preocupado, desde ontem ele não para um minuto. Ele não faz outra coisa além de apurar esses fatos. Ele está preocupado e quer descobrir se houve fraude ou não, se teve problema ou não, se realmente tem barraca fora do lugar ou atrapalhando. Ele não faz outra coisa além de cuidar disso.

Quanto a mim, se você olhar as redes sociais vai ver que tem duas notas oficiais da prefeitura isentando toda e qualquer responsabilidade da minha pessoa.