Publicado em 26/09/2016 às 20h46

Política

Misael Oliveira se defende de acusações

Chefe do Executivo desmente versão de adversário político e afirma que registrou um TCO contra Zélio Cândido

O prefeito de Senador Canedo e candidato a reeleição, Misael Oliveira (PDT), esclarece a todos os moradores e eleitores do município que em momento algum ameaçou de morte o candidato a prefeito, Zélio Cândido (PSB).

Devido as acusações Misael registrou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) contra o adversário político, por calúnia e difamação. Ele explicou que a carreata do concorrente passou próximo a sua residência, guiada por um trio elétrico, com Zélio Cândido e um locutor. No momento foi proferida uma fala direcionada ao atual prefeito, dizendo para “devolver os 12 milhões roubados da saúde”. Indignado com tal acusação Misael Oliveira compareceu a delegacia para as devidas providências contra Zélio.

No mesmo dia, o prefeito seguia para Goiânia para assistir um debate na casa de um amigo quando encontrou com Zélio Cândido no trevo da GO-403 com a Vila Galvão. Foi aí que ele parou seu carro e disse ao rival que parasse de chamá-lo de ladrão de dinheiro público. “Tenho conduta ilibada e correta com tudo. Só pedi a ele respeito”, assegurou.

O prefeito disse que Zélio ainda ficou instigando-o para descer do carro, procurando criar uma briga. “A única coisa que eu queria era dar o recado pra ele, até porque eu estava com minha esposa”, afirmou.

Confira o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO)