Publicado em 13/05/2016 às 18h13

Saúde

Hugol tem atendimento especializado em traumas faciais

Pacientes politraumatizados estão entre os principais atendimentos do Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira, em Goiânia. Entre os...

Pacientes politraumatizados estão entre os principais atendimentos do Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira, em Goiânia. Entre os traumas sofridos pelas vítimas de quedas ou acidentes de trânsito, existem os que ocorrem na face, tratados por uma das especialidades atuantes no Hugol: a Cirurgia Buco-maxilo-facial, com profissionais de Odontologia que têm residência realizada em ambiente hospitalar, em nível de pós-graduação.

Os acidentes motociclísticos estão entre as principais causas de traumas faciais, seja pela falta de capacete ou até mesmo pelo uso de capacetes em desacordo com as normas-padrão. Guttieryque Pereira da Silva, 25 anos, foi paciente do Hugol por 31 dias, pois sofreu uma queda de moto. Devido às lesões na face, recebeu atendimento da equipe de Buco-maxilo-facial da unidade e garante ter ficado contente com o tratamento dos profissionais. O alerta, nesse caso, é para utilizar o capacete, porém com atenção crucial na forma de prendê-lo corretamente na cabeça.

Já foram realizados 279 procedimentos cirúrgicos desde a abertura da unidade, em 2015, até abril de 2016, sendo que no primeiro quadrimestre desse ano alcançou uma média de 34 procedimentos/mês. De acordo com o supervisor da Cirurgia Buco-maxilo-facial, Eder de Lima, o hospital tem atendido vários casos de trauma facial grave e a equipe cirúrgica tem obtido êxito nos procedimentos de reconstituição da face.

“A Cirurgia e Traumatologia Buco-maxilo-facial, sob a ótica da organização dos serviços hospitalares, tem como um dos seus objetivos o diagnóstico e o tratamento cirúrgico e coadjuvante das doenças de origem traumática do sistema estomatognático e da região buco-maxilo-facial”, explica o supervisor. O Hugol conta com 21 especialistas, com uma cobertura de atendimento 24 horas na emergência. “A vítima de traumatismo facial pode apresentar lesões ósseas e/ou de tecidos moles que podem afetar funções vitais, ocasionando por vezes quadros hemorrágicos e obstruções das vias aéreas, incorrendo em sérios riscos à vida do paciente”, relata Eder.

Dentro das atividades do seu programa de Prevenção de Acidentes e Reeducação no Trânsito (Pare!), o Hugol realizará mais uma blitz educativa, no dia 20, em razão do Maio Amarelo e dos feriados da Padroeira de Goiânia (dia 24) e de Corpus Christi (26). O intuito é orientar os motoristas que estão saindo em viagem nos feriados prolongados, períodos com maior ocorrência de acidentes de trânsito.