Publicado em 27/11/2019 às 16h28

Saúde

Técnica inovadora promete reduzir barriga com respiração e ativação muscular

Ao aliar respiração, postura correta e ativação muscular é possível reduzir a barriga em até 12 centímetros. A melhora do...

Ao aliar respiração, postura correta e ativação muscular é possível reduzir a barriga em até 12 centímetros. A melhora do tônus abdominal está por trás dos segredos da técnica Low Pressure Fitness (LPF), que auxilia a recuperação pós-parto e também a melhora de diástase.

A fisioterapeuta, licenciada em LPF nível 3 e especialista em liberação miofascial, Débora Pacheco, diz que a técnica é inovadora porque, além de adaptável, não exige esforços físicos exagerados e pode ser feita em 30 minutos. Segundo ela, a partir de um ritmo respiratório específico combinado com posturas, inicialmente, isométricas e sucção do abdome ocorre a melhora do tônus e, consequentemente, a diminuição da barriga.

A coreógrafa e professora de dança, Roberta Apratti, 32, diz que a diástase pós-parto reduziu bastante após as aulas de LPF. Ela pratica há seis meses, uma ou duas vezes por semana com orientação profissional. “A definição do meu abdome melhorou muito, mas também percebi a redução das dores lombares, melhora na postura e na respiração. Meu intestino está mais regular. Só tive benefícios com a técnica”.

Débora Pacheco explica que o LPF é eficiente porque utiliza o conhecimento das rotas fasciais para uma maior ativação dos músculos da região do abdome, que acontece a partir de treinamento postural e respiração. A fáscia muscular trata-se de envoltórios de tecido conjuntivo, formados por colágeno e elastina, que, em seu conjunto, originam as rotas miofasciais que dão apoio estrutural aos órgãos, músculos e articulações.

Além da resposta estética, a técnica também melhora dores na coluna e o desempenho esportivo e previne o surgimento de incontinência urinária de esforço.

Tags:, ,

Colunistas



Últimas Notícias